quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Uma lista para 9 meses


De compras, sobretudo. Mas também de outras coisas (como esta). Listas de mudanças a fazer lá por casa, listas de boas intenções, listas de nomes, listas de berçários a visitar ou de amas a entrevistar, listas e mais listas que transformam os nove meses numa contagem decrescente de tópicos anulados. Ufa!

Fins-de-semana para namorar:
Agora que ainda não tem de reservar uma cama extra nem de acordar várias vezes a meio da noite com um choro esfomeado, aproveite para namorar. Se possível fora de casa, pois em casa vai passar os meses que se seguem à gravidez.

Deixar de fumar:
Ou melhor, não recomeçar. Na verdade, o ideal é deixar de fumar ainda antes de ficar grávida. Se o fizer, não só aumenta as hipóteses de engravidar como diminui as probabilidades de surgirem vários problemas sérios que comprometem a saúde do bebé.

Escrever um diário:
Pode parecer improvável que alguma vez vá esquecer a data em que sentiu os primeiros movimentos do bebé, o que viu e o que sentiu em cada uma das ecografias e todas as peripécias da gravidez. Mas é impossível memorizar tudo. Escrever um diário - que pode ser em forma de blog - é a melhor maneira de poder voltar a lembrar. E não deixe de anotar os sonhos: quase todas as grávidas os têm memoráveis.

Preparação para o parto:
Ler muito, inscrever-se numa lista de discussão, conhecer uma doula, inscrever-se em aulas de preparação para o parto ou num workshop intensivo. Por lei, estes cursos estão equiparados às consultas e exames médicos para acompanhamento da gravidez. Se não tem muita disponibilidade fora do trabalho, tem todo o direito de roubar algum tempo semanal ao horário laboral para aprender tudo sobre o parto, mas também sobre a gravidez, o pós-parto e os cuidados ao bebé. Exercitar o períneo é uma das surpresas que a esperam.

Desfazer-se da tralha
Deitar fora o que não interessa e valorizar o essencial. Uma das lições que a maternidade nos traz começa a ser posta em prática logo durante a gravidez. Desfaça-se da tralha acumulada há anos. Uma limpeza de alto a baixo dentro de portas e, se possível, ainda mais interior vai deixá-la verdadeiramente preparada para a nova vida que se aproxima.

Pintar paredes
Quando se arrastam móveis, se deita fora a tralha e se encomenda um berço, o que apetece mesmo e pintar as paredes. Resista à tentação de subir ao escadote. Se não há um «jeitoso» lá por casa, mais vale recorrer a um profissional. Mesmo que a barriga ainda não esteja demasiado proeminente. Os cheiros das tintas são muito pouco recomendáveis para grávidas. Procure as novas tintas criadas para quartos de bebé, que não são tóxicas e reduzem riscos de alergias.

Forrar gavetas
É uma tarefa mais leve do que pintar paredes, é certo, mas, ainda assim, não a deixe para o último mês. As gavetas para guardar a roupa do bebé, lavada e cheirosa, devem estar prontas muito antes. Forrá-las é o primeiro passo. O plástico autocolante exige mais perícia do que o papel, mas é mais higiénico.

Aspirar o carro
Antes do parto, não deixe de providenciar uma lavagem profunda ao seu carro. No interior acumula-se lixo, poeiras, ácaros e muitos outros inimigos públicos da saúde privada. O seu bebé merece ser transportado num carro a cheirar a lavado.

Fazer a mala
Há quem seja surpreendida pelos primeiros sinais de parto sem ter a mala feita. É mais um episódio pitoresco para contar depois, se isso serve de consolação. Mas pense no stress de ter de procurar bodys e cueiros no intervalo das contracções, no desgosto de ver o bebé vestido com cores pouco condizentes no primeiro dia de vida.
Para evitar estas e outras situações eventualmente mais desagradáveis e embaraçosas, faça a mala! Idealmente, aos sete meses. Mas nunca depois dos oito.
Fazer listas:

Cortar o cabelo
Não convém um corte muito radical: já há demasiadas coisas a mudar no seu corpo para ter de habituar-se ainda a um look novo. Mas é bom dar um corte no cabelo, pois nos meses após o parto vai ter pouco tempo para pensar em si e muitos factores a dar-lhe cabo do ego. Um cabelo descuidado é um dos mais fáceis de prevenir.

Tratar os pés
Ofereça a si própria um serviço de pedicure. Se nunca experimentou, tem nesta altura mais um motivo para o fazer. Este é um pequeno luxo que vai fazê-la sentir-se muito bem.

Olhar para o umbigo
Ele vai estar cada vez mais saído. Goze a barriga, fotografe-a e não se esqueça de aplicar todos os cremes que não só proporcionam bem-estar como ajudam a pele nesta exigência de esticar até ao limite. Faça exercício moderado, uma dieta equilibrada e sinta-se bem nessa pele. Lembre-se: quanto melhor se sentir, melhor se sentirá o bebé.

Comprar roupa interior
Sim, vai ser difícil continuar a usar a sua lingerie habitual. Não só por causa da forma, mas principalmente do tamanho. Deixar de conseguir usar o soutien do costume é um dos primeiros sinais exteriores da sua nova riqueza interior. Não desespere. Há hoje muitas opções de roupa interior para grávida que não a farão sentir-se envergonhada. Pelo contrário, podem mesmo ajudá-la a manter-se sexy durante estes nove meses. Já perto do final do tempo, não se esqueça de comprar dois soutiens de amamentação, pelo menos um número acima daquele que estiver a usar na altura.

Leituras
Se está grávida pela primeira vez, talvez ainda tenha a ilusão de que vai aproveitar a licença de parto para ler todos aqueles livros que estão em lista de espera na prateleira. Deixá-la viver nesse sonho seria fácil, mas pouco honesto. No período pós-parto só há espaço e tempo para dar de mamar, estimular arrotos, mudar fraldas, acalmar cólicas, apaziguar choros, chorar também e pouco mais. O melhor é aproveitar a gravidez para fazer as tais leituras.

Tricot
Pode parecer coisa de outros tempos, mas continua a saber muito bem. É uma actividade terapêutica: descontrai e liberta a cabeça de qualquer stress. Se não tem jeito para os pormenores, opte por uma mantinha.

Fazer contas
Pois é. Esta é a parte menos romântica do assunto, mas é preciso preparar-se para todas as despesas que aí vêm. Informe-se e prepare-se.

Fotografia
Se nunca se dedicou muito a esse assunto, é altura de passar algum tempo a conhecer a sua máquina fotográfica. Se há sorrisos que se repetem, também há momentos que não voltam. Mais vale acertar à primeira, saber evitar olhos vermelhos e rentabilizar as potencialidades do aparelho. Para não entrar em stress porque o flash não disparou quando o seu filho deu os primeiros passos.

Trajecto para o hospital
Confira o melhor trajecto para chegar de sua casa até à maternidade ou hospital onde irá ter o bebé (se possível antes de entrar em trabalho de parto!), e a quem irá ligar. O melhor trajecto pode ser diferente durante o dia, em hora de ponta, ou a meio da noite. Se tudo estiver programado, evita ter de dar indicações a meio de uma contracção ou prolongar a viagem de carro mais tempo do que seria necessário.

Ter esperança na humanidade
É difícil, mas há alguns truques que ajudam: deixar de ver noticiários na televisão é o primeiro passo. Sentir-se mais perto da natureza, aprender técnicas de relaxamento em que evocará boas recordações e sensações de bem-estar e ouvir música são outros prazeres obrigatórios.

Fonte:IOL Mãe

Exercício da mãe faz bem ao coração do bebé

O exercício físico durante a gravidez não tem benefícios apenas para a mãe. Um novo estudo apresentado no encontro anual Biologia Experimental, em San Diego, mostrou que o exercício da mãe tem repercussões benéficas a nível cardíaco para o feto.
Um grupo de grávidas que pratica exercício físico regularmente foi analisado comparativamente com outro, constituído por mulheres sedentárias. Foram medidos movimentos fetais da boca e do corpo, a respiração desde as 24 semanas de gestação até ao final da gravidez.

O ritmo cardíaco dos bebés cujas mãe se exercitavam era mais baixo do que o dos bebés do outro grupo.
Os investigadores da Universidade de Medicina e Biociências de Kansas City consideram serem necessários mais estudos para perceber os efeitos do exercício da mãe no bebé, mas aconselham a prática de exercícios adequados a todas as grávidas.
Hidroginástica, yoga, pilates, caminhar, nadar são óptimos exercícios para quem está grávida. As actividades que envolvem grande impacto, como ginástica aeróbica ou jogging, não são aconselháveis.

Fonte:IOL Mãe

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Já...

Tenho o livro da grávida, que o meu médico de familia me deu. Tive que ir ao Centro de Sáude, tive uma abordagem inicial com uma enfermeira que falou comigo sobre a gravidez. A maior parte já eu sabia, deu-me informação escrita e fez-me um inquérito sobre o histórico familiar. Também já estou inscrita como isenta de pagar taxa moderadora no serviço público. Não preciso de lá ir mais, pois vou continuar a ser seguidapela minha médica.

11ª semana

O teu bebé está a iniciar um período de rápido crescimento, de facto, ele irá duplicar o seu tamanho nas próximas semanas. Os aparelhos genitais do bebé estão a desenvolver-se e brevemente poderás ver se tens um menino ou uma menina.

O bebé mantém-se ocupado a dar pontapés e a esticar as pernas.

Ele, agora do tamanho de um figo, está completamente formado – tem cerca de 4 cm de comprimento e pesa pouco mais de 7 gramas. A pele, pêlos e unhas : enqunato a pele do feto, antes transparente, começa lentamente a ficar mais grossa e a ganhar camadas, nascem na sua superficie foliculos pilosos. Nas mãos e pés vão crescendo as primeiras unhas. Alguns ossos começam a endurecer. O toráx fecha-se. Desta forma, fornece ao coração do feto a protecção necessária
Os dedos das mãos e dos pés já se separaram e, em breve, poderá começar a abrir e fechar os punhos. Já se ocupa a dar pontapés e a esticar as pernas e os seus minúsculos movimentos são tão fluidos que parece estar a dançar ballet aquático.

Estes movimentos vão aumentando à medida que o corpo cresce e se torna mais desenvolvido e funcional. Quando o diafragma do bebé se desenvolver, é possível que também comece a ter soluços. Como ainda é tão pequeno, só daqui a cerca de um mês começará a sentir todos estes exercícios aquáticos ou agitações intra-uterinas.

À medida que os enjoos matinais desaparecem, poderá sentir o seu apetite a aumentar. Podem surgir tonturas se o nosso corpo estiver sobrecarregado devido ao aumento do volume de sangue e se a tensão arterial baixar.O corpo do seu bebé começa a endireitar-se.


Diagnóstico pré-natal: da ecografia à análise do líquido amniótico

Existem muitos métodos de análise qua apresentam e ajudam a identificar malformações no feto. Na maioria das vezes, os pais podem ficar satisfeitos, o que fomenta uma gravidez sem preocupações.

Exames ecográficos

O médico irá solicitar a realização de três ecografias, uma por cada trimestre, para controlar o desenvolvimento do bébé:
- entre a 9ª e a 12ª semana;
- entre a 19ª e a 22ª semana;
- entre a 29ª e a 32ª semana.

Por volta da 13ª semana, pode-se fazer-se uma "translucência nucal" (medição da área com liquido na nuca do bébé) e uma visualização do vómer (examen ecográfico do vómer do feto), dispensando-se, eventualmente, uma punção para despiste da Sindroma de Down. e de outras doenças.

Amniocentese

A punção do líquido amniótico dá-se, em regra, a partir da 16ª semana. As células do feto obtidas no líquido desenvolvem-se em laboratório. Passados cerca de dez dias, elas revelam a sequência cromossómica, sendo que o resultado é mais seguro.

Aconselha-se ma punção no caso de ter mais de 35 anos, ambos os pais terem doençãs hereditárias na familia ou já se tiverem um filho com deficiência. O exame aarreta alguns riscos: nalguns casos pode levar a um aborto.

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Ontem

Fui à consulta com a minha médica para mostrar os resultados das análises e a ecografia!
Tudo normal, apesar de alguns resultados estarem um pouco elevados, vou ter que as repetir!
Outra decisão que foi tomada é a de fazer os testes bioquímicos, em alternativa à aminiocentese, ela sugeriu isso devido ao meu historial clinico, e fazer a respectiva eco das 11/12. Se houver dúvidas (esperemos que esteja tudo bem, meu bébé)avança-se para a aminiocentese.Ela mediu a tensão, está normal, e pesou-me, tenho o mesmo, ou seja 52 kg.

Já está marcada a eco das 11/12 semanas será para dia 10 nov. e também está marcada outra consulta para o médico de familia no Centro de Sáude para dia 27 out, para ter a caderneta de grávida e outras coisas que sejam necessárias fazer!

Esta semana nada de grandes alterações, algumas insónias, fome, e muitas vezes ir à casa de banho.

10ª semana

A gravidez provoca alterações hormonais e como tal nós poderemos começar a sentir-nos com alterações de humor e a pensar se vais ser boa mãe. Tudo isto é normal, relaxa, confia em ti e vive a gravidez com alegria. Os seios preparam-se para a amamentação. Em alguns casos, verifica-se a libertação de colostro pelos mamilos. A secreção do liquido amarelado é completamente vormal e não indicia qualquer doença.

De embrião a feto: todos os orgãos já estão no sítio certo (o intestino, por exemplo passou do cordão umbilical para o corpo do embrião) e entram em contacto uns com os outros. Formou-se um organismo completo que funciona, um ser vivo que , a partir de agora, é designado por feto.
Entretanto, as pálpebras desenvolveram-se tanto que já conseguem cobrir os olhos. Até à 28ª semana, o feto vai passar o tempo de olhos fechados.
O feto torna-se activo: apesar de ter os olhos fechados, ele está "acordado". J´consegue pestanejar e abrir a boca.
Por esta altura o coração do teu bebé é já muito parecido com o de um recém-nascido. Os seus dentinhos estão a formar-se nas gengivas. Tem já as impressões digitais que o identificarão toda a vida. Até ao fim da semana todos os órgãos e sistemas do teu bebé estarão formados e a partir de agora só precisam de se desenvolver e crescer.
Comprimento - 3.1 cm
Peso - 4 gramas


Fibras para um boa digestão

Quando as hormonas se alteram, prejudicam muitas vezes a digestão. O funcionamento dos intestinos diminui e o efeito calmante da progesterona manifesta-se nomeadamente através da prisão de ventre. Mais tarde nos últimos meses de gravidez, o intestino já não tem espaço suficiente para a sua actividade habitual. Mas existe um método natural de despertar o seu funcionamento: as fibras alimentares. Assim, deve beber pelo menos 1,5 l de líquidos por dia, de preferência água mineral, sumos de frutas e chá de ervas ou de frutos sem açucar.

terça-feira, 14 de outubro de 2008

O terceiro mês - 9ª semana

Começam a verificar-se os primeiros movimentos involuntários, possiveis através da ligação do cérebro ao sistema muscular, mas a mãe ainda não nota. A face toma formas e cor. É possivel distinguir os lábios, as narinas e os lobulos das orelhas, tal como a forte pigmentação dos olhos. Os olhos ainda se encontram nos lados da pequena cabeça, mas vão-se centrando cada vez mais. O embrião ficou confortável. Os braços repousam sobre a sua barriguinha e as pernas esticadas estão cruzadas. Através dos ossos que estão a formar, o embrião ganha postura e estabilidade. Os joelhos, os cotovelos, os ombros e o crânio aparecem todos formados - o embrião está menos curvado.O nosso corpo apresenta já algumas diferenças, os mamilos cresceram e os círculos à volta escureceram.Os nosso orgãos sensoriais estão particularmente sensíveis. A par das alterações do paladar e do olfacto, verifica-se também o aumento da sensibilidade auditiva e do tacto. O teu bebé também tem diferenças, por esta altura já consegues ver as suas orelhitas e os dedos dos pés estão a começar a tornar-se visíveis. Ele mede por esta altura 2.6cm e pesa cerca de 2 gramas.

Apesar do teu bebé se mexer muito, tu ainda não o sentes...

Enquanto...

Passam estes dias para a minha primeira consulta depois de ver o meu bébé,marcada pra dia 20, já fiz as análises ao sangue e urina. Estava em jejum, para tirar sangue e beber um liquido docissimo e esperar uma hora para de nove tirarem-me sangue.Bem até que enfim, pois tive logo que comer algo, pois quase já não via ninguém à minha frente. O que interessa é que já passou e agora vamos par a próxima fase, mostrar as análises e respectiva eco à minha médica.
Entretante este dias vou passando um pouco melhor, às vezes com um pouco de azia e por vezes sinto-me enfardada. Tenho tido, também, insónias, fome e muita sede.

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Como cresce o meu bebé - 8ª semana:

Assim se desenvolve o bébé: O Embrião: nesta fase ele mede entre 5 e 16mm com um peso de mais ou menos 0,8g.Os ossos e cartilgens expandem-se; os pequenos dedos das mãos ainda logados tornam-se visiveis e, um pouco mais tarde, os dedos dos pés.Já lá estão todos os orgãso internos. Contudo, necessitam de um pouco mais de tempo para se desenvolverem. Produz-se a primeira urina - é a reacção dos pequenos rins à alimentação que passa através do fluxo sanguineo da mãe para o embrião. Sempre em equilibrio: o embrião sabe, a partir de agora, como se dobrar e deitar, sendo o interior do ouvido responsável por este facto. Começam a crescer as pálpebras mas ainda não o suficiente para fechar os olhos.
Gestante: o útero começa a aumentar e as náuseas também. Por isso, quando sentir que as ânsias vão começar, procure distrair seu pensamento dos alimentos que lhe causam essas sensações. Geralmente elas ocorrem pela manhã, no desjejum, então, procure comer uma bolacha de água e sal antes de se levantar da cama

O cerebelo começa a formar-se esta semana. É a parte do cérebro responsável pelo movimento dos músculos. As mãos, os pés, os cotovelos e pulsos estão a formar-se. Os olhos desenvolvem-se mais – aparece agora pigmentação na retina. Os dentes estão-se a formar dentro das gengivas. O coração começa a formar as quatros cavidades.


Cuidados extra para um busto bonito

No ínicio sente-se o peito apenas mais cheio. Mais tarde, está realmente maior e mais pesado. Então a pele estica, podendo provocar sensações de estiramento e o aparecimento de pequenas estrias. Para reforçar e manter em forma durante semanas as zonas sensíveis, recorre-se a massagens e cremes óleos.
Comecr o seu programa de cuidados no banho. Com um pouco de água fria, descreva círculos à volta de cada seio durante 20 segundos. Depois, seque os seios e os mamilos e massaje-os suavemente com um óleo rico em vitaminas E (por exemplo óleo de gérmen de trigo). Envolva o seio com as duas mãos e massaje em direcção ao mamilo. Isto promove a circulação e fortalece o tecido conjuntivo. Retire o óleo com um esponja e aplique um leite corporal; caso contrário fica demasiado sensível para amamentar.

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Eis a ecografia...

Tenho andado estes dias um pouco ansiosa antes da eco. Durante este tempo tenho andado também um pouco enjoada, com vómitos. Bem ontem foi o dia! Estava eu há hora marcada para que me chamassem. Foi um médico desta vez! Deitei-me ele pôs-me aquele gel na barriga e foi quando eu vi aquele coraçãozinho a bater! Que fixe e que alivio, estava confirmado, fiquei hiper contente, todo eu era sorrir! Isto é o que eu mais queria! O médico fez as medidas necessárias e pôs os batimentos cardiacos para eu ouvir! Bem que emoção! Foi lindo! É uma sensação incrivel! Tudo normal.
Sai da sala e fui chamar o meu marido para lhe contar a novidade. Acho que ele estava mais nervoso que eu! Ele ficou cá fora! Quando lhe contei que vi o coração a bater e que tudo estava bem, foi lindo, estamos muito felizes!

Eis as medidas:
Dimensão: 38 mm
Comp. craneo-caudal: 13 mm
Actividade cardiaca: presente
Vesicula vitelina 7 mm

Comentários: Gravidez evolutiva "in utero" de embrião único com biometria compativel com gestação de 7 semanas e seis dias.
FCembrionária = 150bpm

Eis o meu bébé:



Ainda não contámos a ninguém! Quero aguardar mais algum tempo para ser oficial e dizer a toda a gente que estou GRÁVIDA!