quinta-feira, 23 de julho de 2009

A minha bebé faz hoje 2 meses


Hoje quando for 23.10 da noite a minha bebé fará mais um mesito. Que delicioso tem sido este tempo, é certo que existe e existiu muita choradeira por parte dela, ou é por ter fome ou cólicas ou ainda a chegada do sono. As cólicas, essas passaram e graças ao Colimil normalizou os intestinos dela, pois faz cócós várias vezes por dia e também uns punzinhos, de vez em quando. Mas ver o nosso bebé evoluir, ficar mais gordinha, começar a sorrir, é lindo. Estou a adorar o papel de mãe. Aquela sensação de protecção, carinho, por um ser por nós gerado, acho uma maravilha. Vamo-nos conhecendo mutuamente.

Hoje foi dia de vacinas dos 2 mesitos, coitadinha, chorou tanto que até deu dó! O meu coração de mãe a ver o meu bebézito a chorar daquela maneira, meu deus!Coração de mãe sofre! Mas teve que ser para bem dela, para estar protegido de difteria, tétano, tosse convulsa e a poliomielite.

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Dia de pesagem do meu bebé

Fomos no 16 de Julho pesar a Ana Luísa ao Hospital. Em 15 dias aumentou 450 gramas, fantástico. Agora tem 4450 kg. A médica indicou-nos para aumentar a quantidade no biberão. Passou dos 120 para 150. Agora a próxima consulta do pediatra será dia 3 de Agosto. Entretanto vamos tirar uns dias de férias, depois viemos à consulta e finalmente vamos para o algarve quase todo a mês de agosto. Estamos fartos de estar sempre nesta cidade, vamos mudar de ares e ver a familia.


Algarve nos espera!

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Viciadas no sorriso do bebé

Ao verem um sorriso do seu bebé, as mães têm reacções cerebrais semelhantes às que já foram observadas após o consumo de drogas.
Diz-me por que choras
Os primeiros amigos
Viciadas no sorriso do bebé
O primogénito, o irmão sanduíche e o eterno bebé


Toda a gente conhece o efeito que pode ter o sorriso de um bebé. Toda a gente conhece o seu poder. Cientistas americanos decidiram agora investigar o que toda a gente já sentiu, sobretudo as mães. E concluiram que, quando o bebé sorri, a mãe pode sentir um prazer semelhante ao uso de algumas drogas. Com a vantagem de não ter os efeitos secundários. Esta reacção neuro-química da mãe pode contribuir para explicar a forte ligação que existe entre mães e filhos.

A equipa de investigadores do Texas Children Hospital analisou o cérebro de 28 mães com filhos (os primeiros) entre os 5 e os 10 meses de idade, ao observarem fotografias dos seus bebés e de crianças desconhecidas.

Algumas imagens eram de bebés a sorrir outras com expressões neutras ou de tristeza.
Os investigadores realizaram exames de ressonância magnética, avaliando o fluxo sanguíneo no cérebro e as áreas mais activadas, à medida que as fotografias eram vistas pelas mães.

E observaram que as imagens dos filhos a sorrir ¿acendiam¿ no cérebro das mães áreas ligadas ao prazer e recompensa, as mesmas áreas conhecidas por outras experiências por estarem ligadas à dependência de drogas.

Além disso, observou-se o aumento de produção de dopamina, uma substância que estimula o sistema nervoso central, produz adrenalina e está na base de dependências (de jogo, álcool ou drogas).

Ao que parece, a intensidade da reacção cerebral da mãe variava em função da expressão facial do bebé. As reacções de prazer eram maiores se o bebé estivesse a sorrir ou a rir.
Se estivessem a chorar ou trsites, as reacções não eram muito diferentes se fosse o próprio filho ou outra criança. O estudo foi publicado no jornal científico Pediatrics.

Fonte:IOL Mãe

Os recém-nascidos distinguem o ritmo

Capacidade inata que estará também ligada à capacidade de aprender a falar.
Filho mais velho sofre mais pressão
Como escolher os primeiros sapatos?
O meu bebé está atrasado?
Telespectadores desde o berço
Os recém-nascidos distinguem o ritmo
Os primeiros amigos
Pé à lua!
O primogénito, o irmão sanduíche e o eterno bebé
Falar antes de falar


A noção de ritmo é inata, afirmam investigadores da Universidade de Amsterdão. Segundo as conclusões de um estudo que publicaram no mais recente número da revista Proceedings of the National Academy of Sciences, os bebés já nascem com a capacidade de reconhecer diferentes ritmos musicais. Sorrirem quando ouvem música pode ser um sinal desse reconhecimento.

Os investigadores puseram um grupo de bebés recém-nascidos a ouvir música rock, estando a sua actividade cerebral a ser monitorizada. E garantem que os bebés reagiram quando uma batida aparecia ocasionalmente fora do ritmo da música.
Esta é uma capacidade pré-linguística e prova aquilo que outros investigadores na área da música já defendiam: que as capacidades musicais estão no seu auge durante os primeiros meses e anos de vida.

A capacidade de distinguirem a sua língua materna de outras línguas pode ter a ver sobretudo com o facto de distinguirem diferentes ritmos, avançam os autores do estudo.

Canções e lenga-lengas
Expor o bebé a diferentes tipos de música, desde cedo é muito esimulante não só para o desenvolvimento das suas aptidões musicais, mas também - segundo esta hipótese -para o desenvolvimento da linguagem.

Cantar para o bebé e dizer-lhe lenga-lengas enquanto o fazemos saltar nos nossos joelhos são componentes ancestrais de todas as culturas e formas de promover a linguagem. Use e abuse

Fonte:IOL Mãe

O signo da minha filha Ana Luísa

Gémeos

De 21 de Maio a 20 de Junho


Sociável - As crianças nascidas sob o signo de Gémeos são provavelmente as mais sociáveis e comunicativas. Têm uma facilidade espantosa em fazer novos amigos e rapidamente se tornam o centro das atenções num círculo de miúdos que acabou de se conhecer. Aliás, é em grupo que se sentem bem. Os pais devem proporcionr-lhes contactos com outras crianças, desde cedo. Interagir é para elas um prazer vital. Po isso, já se vê, adoram festas. Começam a falar cedo, pois a linguagem é uma ponte para o outro. A comunicação é o seu elemento.


Versátil e disperso - Mostram curiosidade por diversas áreas, querem brincar com várias coisas ao mesmo tempo, ouvem uma conversa enquanto vêm um programa de televisão. As crianças Gémeos são muito dinâmicas e versáteis, mas precisam que as ajudem a concentrar-se num interesse que as satisfaça realmente. Caso contrário podem nunca encontrar aquilo de que as realiza. A versatilidade dá-lhes também a capacidade para se relacionarem com diferentes tipos de pessoas, de diferentes idades, agradando a todos de igual forma. E também lhes dá a inconstância no humor: um nativo de Gémeos salta da gargalhada para as lágrimas num instante. Também pode ser ambidestro e adora actividades com as mãos: tocar um instrumento pode ser uma boa actividade para o ajudar a concentrar-se.

Curioso - Vivacidade e curiosidade são características marcantes dos nativos de Gémeos. Numa criança, elas tornam-se ainda mais visíveis. Os bebés de gémeos estão constantemente à procura de coisas novas. Atentos a tudo o que os rodeia, têm pressa de explorar o mundo.

Criativo - A sua imaginação é um terreno fértil. A curiosidade pelo mundo e a capacidade de comunicação podem revelar-se no mundo das artes, na escrita, na oralidade. Na infância devem ter oportunidade de expressar toda a sua criatividade e a sua necessidade de fantasia deve ser respeitada: viver entre a realidade e a ficção é, para ela, muito natural.

Inquieto - Procura sempre conhecer mais, chegar mais longe. Por isso, detesta o tédio e precisa de liberdade de movimentos. Desde bebé.

Saúde: Sistema respiratório vulnerável. Mas também ombros e braços, onde acumulam tensões.

Personalidades Gémeos: Che Guevara, Chico Buarque, Marilyn Monroe, Naomi Campbel

Cólicas

Parece que a minha bebé tem passado muito bem desde que comecei a dar-lhe meio frasco de colimil. Isto com autorização da pediatra, que disse que não lhe faria mal. Faz cócós várias vezes por dia assim como alguns "gases". Os choros que ela por vezes tem são as birrinhas do sono ou quando, já reparei nisso, tem a fralda suja de cócó, já lhe começa a incomodar.

terça-feira, 7 de julho de 2009

A consulta do meu bebé

Fomos na Terça à pediatra. Ficámos muito contentes pois ela aumentou de peso.Pesa agora 4010kg, mede 52 cm. Está com umas bochechinhas lindas. Estou a adorar esta fase. A Ana Luísa já se ri, por vezes faz uns sons parecidos ao que quer conversar. A pior fase já foi, agora é aproveitar ao máximo. Ela está linda.