quinta-feira, 22 de setembro de 2011

De regresso a casa...

Bem,já regressámos há um certo tempo,mas nem sempre há disponibilidade para vir aqui.Então aqui vai.
Passámos a férias,como sempre no Algarve e nas Beiras, com os respectivos avós. A Ana Luísa estranhou de início mas depois com o tempo de convivo lá passou a estranheza. No Algarve, como era férias, os horários mudaram um pouco,tipo hora de levanta e deitar, bem como das refeições. Nas beiras com os avós paternos é que foi mais difícil a adaptação. Bem que eu tentava uma aproximação mas nada feito,ela continuava a estranhar. Verdade seja dito os próprios também não faziam um esforço para que isso ñ acontecesse. Não sei se é da idade ou do feitio deles, cada vez que se aproximavam ou a Ana Luísa ouvia a voz deles, retraía-se. Mas então regressados das férias, lá teve-se que voltar tudo à normalidade,o que custou um pouco. Pois a Ana Luísa habituou-se naqueles dias a outros horários a que ñ estava habituada. Mas agora já voltou à normalidade. Há que haver persistência.

Em termos de desenvolvimento isso nota-se bastante então a nivel de linguagem é fantástico. Já conta os números até 10, e reconhece-os. Já começa a dizer palavras de duas silabas, tipo:
-peixe (diz clarinho)
-quente (diz dente)
-arroz ( " oz)
-sapo (tb diz clarinho)
-deita (" " " )
-luz (diz uz )
-banana (diz nana)
-maçã (diz clarinho)
-pato ( " ato )

Estou maravilhada com isto. E acho engraçado que ela está numa fase que consegue quase dizer aquilo que nós pedimos. E fica muito contente quando nós gostamos.
Adoro-te filhota linda!!!!!