domingo, 29 de maio de 2016

Piolhos, que chatice.

Pela 1a vez desde que a Luisa entrou em convívio social, ou seja desde o jardim de infância, que nunca tinha apanhado tal coisa. Houve lá episódios de piolhos, e os pais eram avisados para olharem as cabeças dos meninos. Mas aqui não fizeram nenhum aviso, talvez porque os respectivos pais não avisaram a escola, o que devia acontecer.
Este ano foi a "estreia", notava que ela andava a ficar muito a cabeça, mas não dei importância, mas passados uns dias a coçar, comecei a ficar intrigada até ao dia que fui " inspecionar" a cabeça, e lá estavam eles. Tratamento com um champô especial e pentear muito bem o cabelo, durante uns dias até sair a praga.

Sem comentários: